Coincidências
É uma loucura o que me traz a escrever hoje, é como se fosse uma vontade súbita que se jogou em mim, me fazendo juntar cada pedacinho do dia de hoje, como se o quebra-cabeça fosse se juntando , formando pistas, um diagrama talvez, não enxergo explicações. Uma enorme dúvida grita no meu peito, será uma real coincidência ou um jogo da verdade que vem como uma chave me tirar de um cofre fechado?
Não é nada concreto, apenas um segundo me deixou sem ar, era como se tudo fizesse sentidos, todas as palavras ditas, todas as promessas, as cenas, não sei, eu tenho medo, talvez eu esteja louca, mas não dá para deixar que isso passe assim despercebido, é a felicidade que eu almejo que está em jogo, é aquilo que tanto tira o meu sono é... ELE.
A explicação dá se de início no dia que mais amo(todo dia 6), por mais que comemore sozinha, uma comemoração tola, onde não se existem mais nada, apenas lembranças, as que eu mais venero as que me fazem suspirar.
Mas isso é apenas o ponto de partida, dessa louca sensação que tenho, de que algo possa esta acontecendo, nem que seja nas linhas do futuro.
Hoje mais cedo eu repeti inúmeras vezes dentro de um assunto que não me casaria, uma idéia idiota, pois me casar é meu sonho. O sonho de qualquer menina posso afirmar, mas o meu seria muito mais um sonho mas sim uma realização de vida, apesar de muito nova, mas mesmo assim essa idéias tem fugido entre minhas palavras sem total permissão, apenas são faladas e meu subconsciente chora, existe uma decepção dentro de mim.
Ok, depois disso nada mais aconteceu, a tarde passou e por fim resolvi assistir um filme, não sei por que me sentia com a necessidade de me distrair, desviar os pensamentos que rodeavam minha mente, logo escolhi um filme, mas não o encontrei, tive que assistir outro que não gostava, mas era o único que eu não lembrava como era (já vi todos que estão na estante, menos o que eu queria e não estava la). Noivas em guerra, esse era o nome do filme, até então era apenas um filme nada mais que um filme.
Assisti tudo, até me empolguei não acontecia nada que não estava planejado no meu “programinha de domingo à tarde”, mas o filme se arrastava para o final e foi então que começou acontecer às fatos que me intrigavam.
Não tinha percebido que o fato principal do filme que era o “casamento das duas ex-melhores amigas” iria acontecer no dia 6 de julho, quando me dei conta ri, porque era apenas no dia 6, mas aí depois de uma risada sem graça sozinha e fiquei séria, hoje é dia 5 e amanhã é dia 6 de julho (óbvio), me senti estranha...
Meu coração começou a pulsar, a pessoa que narrava o filme dizia umas frases meio estranhas como: “As vezes a vida dá lances que agente não percebe, muito menos planeja, é só uma questão de tempo”. Quando ouvi isso me lembrei da frase que ouvi mais cedo: ”A esperança é aquela força dentro de nós que nos faz insistir sempre, sempre!”
Quando me vi, estava chorando, não sei por que lembrei dos planos que fazia, e eram parecidos com o do filme, me senti uma idiota, mas meu coração pulsava como se eu tivesse o vendo em minha frente, escutando aquelas palavras que me deixavam aliviada:” somos o par perfeito, rsrsrsr”
Parecia que uma coisa se encaixa na outra, era como se o MEU dia 6 nunca tivesse morrido, que um dia eu reviveria ele de novo e dessa vez será com aquele, que meu coração pulsa acelerado quando está perto, é uma idiotice, talvez, mas são sentimentos existentes ainda.
Porque o filme se baseava exatamente nessa data?
Porque no mesmo dia que eu discutia sobre casamento eu calhei por coincidência ver um filme sobre tal?
Porque aquelas frases se encaixavam tanto neste momento para mim?
PORQUE eu acho que existe algo no meio de tantas coisas negativas?
Meu amor está me cegando, que por antítese também esta me fazendo ver coisas.
Uma coincidência? Um acaso, que acaso?
Na verdade, hoje eu gostaria de ter uma bola de cristal!

Fim !

1 comentários:

Bêe Rodrigues disse...

EU LI TUDIINHO tá ? OSAIOASOIASIOSAOASOASOSAOSAOISA

Postar um comentário

Vai diz aê , qé eu to lendo ;D